Avatar

Interpretação de uma Obra de Arte

O conceito de uma obra de arte é muito polêmico e não há uma definição precisa. Muitos ainda a definiram como única, original e que perdura no tempo.
Pablo Picasso: "Arte não é a aplicação de uma regra de beleza, mas daquilo que o instinto do cérebro podem conceber além de qualquer regra"
Marcel Duchamp: Tudo pode ser arte desde que

  • O artista afirme que aquilo é arte
  • Que um especialista confirme o ato
  • Que o local onde será exposto seja conhecido como local para expor obras de arte.
A arte contempla várias formas de expressão, uns exprimem-se através da música, outros da dança e outros da pintura. Em cada uma dessas formas de expressão há regras.
A arte é para ser desfrutada e não entendida. Dizia Freud: "As maiores criações de arte são incompreensíveis e constituem verdadeiros enigmas".
O problema de interpretação de uma obra de arte não se põe com a  pintura figurativa, essa todos julgam entender, a questão aparece com mais evidência perante uma obra abstrata.
No caso das pinturas o fundamental é aprender a ver, contemplar e tentar apreender à sua maneira, para podermos ser receptores da mensagem da pintura/artista. É ir além da busca da beleza, é dar um salto no desconhecido. Só assim veremos mais do que um jogo de linhas, cores e formas.


Já tinha visto isso no blog "aprendemos" há mais ou menos um ou dois anos e queria postar pra vocês :)
O conceito de obra de arte não está só naquilo que dá pra entender(figurativa), está em qualquer coisa, desde que o autor afirme que aquilo, para ele, é arte. :)

0 comentários:

Postar um comentário

RSS